5 de mar de 2011


A vida que brota em leite do seio da mãe que te protege.
A fortaleza de pedra bruta elevada nos montes daquele abraço amigo.
Nuvem amarela engolida de sol que ilumina a rua cor de infância.
Jabuticaba ônix, reluz no olhar suculento de prazer.
...São todas as pequenas coisas que te constroem e você não ver.

Luna Holanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário